China e Rússia se unem e ordena ao exército que se prepare para a Guerra

Categoria (Sinais Proféticos) por Geração Maranata em 09-12-2011

Tag: , ,



por Geração Maranata

Essa matéria foi publicada no jornal online EUtimes.net.

Pode ser um tanto sensacionalista, mas vale o alerta, pois afinal sabemos que a Russia, o Irã, a Síria e muito provavelmente a China, farão parte da coalizão que invadirá Israel no futuro.

Também temos acompanhado pela mídia que as relações entre os EUA, Rússia e China não vão nada bem. Leia algumas delas: – Putin acusa EUA de estimular protestos pós-eleições na Rússia‎;    Rússia aponta o dedo aos Estados Unidos;   Mísseis lançam discórdia entre Rússia e EUA;   Rússia Ameaça Explodir a Europa;   EUA rejeitam mudar escudo antimísseis apesar de alerta da Rússia;   Presidente chinês ordena à Marinha que se prepare para combater;  Irã ameaça resposta ampla a violação por avião-espião dos EUA;   China anuncia manobras navais após aumento de tensão com EUA;   Análise: Troca de acusações deve esfriar ainda mais relações Rússia-EUA;    Rússia adverte Israel e EUA: ataque contra o Irã seria "erro muito grave".

Guerras e rumores de guerras…

 

China se une a Rússia e ordena ao exercito que se prepare para a Terceira Guerra Mundial
 
Posted by  on Dec 7th, 2011
 
Um Boletim preocupante do Ministro da Defesa enviado ao Primeiro Ministro Vladimir Putin e ao Presidente Dmitry Medvedev (todos da Rússia) afirma que o Presidente Hu Jintao (China) está “convencido em princípio” que a única forma de deter a agressão do Ocidente, liderado pelos Estados Unidos, é através da “ação militar direta e imediata” e que o líder chinês ordenou a suas forças navais que “se prepare para a guerra”.

O apelo de Hu Jintao para a guerra se une ao do contra-almirante chinês e proeminente porta-voz militar Zhang Zhaozhong que, igualmente, advertiu na semana passada que “China não hesitará em proteger o Irã, mesmo que para isso seja necessário a Terceira Guerra Mundial” , e o General Russo Nikolai Makorov que, fatidicamente, declarou na semana passada: “Não descarto que conflitos armados locais e regionais desemboquem em uma guerra de grande escala, incluindo o uso de armas nucleares”.
 
Um novo relatório de inteligência dos EUA também afirmou que a China tem cerca de 3000 armas nucleares, em comparação com as estimativas gerais anteriores que era entre 80 e 400. Para continuar colocando mais combustível na fogueira, o Washington Times informou que a Coréia do Norte está produzindo mísseis capazes de atingir os EUA.
 
O aumento das tensões globais entre o Oriente e o Ocidente explodiu na quinzena passada quando o Embaixador Russo Vladimir Titorenko e dois de seus assistentes, que regressavam da Síria, foram brutamente atacados e enviados ao hospital pelas forças de Segurança do Qatar, ajudados por agentes da CIA e do M16 Britânico, que intentaram obter acesso aos malotes diplomáticos que continham informações da inteligência Síria de que os Estados Unidos estavam enchendo a Síria e ao Irã com mercenários da Al Qaeda com respaldo americano que derrubaram o governo Líbio. 
   
Mais evidências desses malotes diplomáticos, diz esse boletim, revela que os Estados Unidos estão preparando uma “solução final” para a crise do Oriente Médio, a fim de desencadear uma guerra nuclear ao atacarem a Síria e o Irã com agentes biológicos mortais com a intenção de matar a dezenas de milhões de civis inocentes. 

 
 
A descoberta do agente biológico a ser usado pelo Ocidente foi revelado há duas semanas pelo virologista holandês Ron Fouchier, do Erasmus Medical Centre na Holanda, que lidera um grupo de cientistas que descobriu cerca de cinco mutações do vírus da gripe aviária são suficientes para torná-lo muito mais letal e facilmente se tornar o assassino mais letal que a humanidade já inventou.
 
Se os Estados Unidos começarem um ataque utilizando este vírus mortal, continua indicando esse boletim, seu método mais provável de dispersão seria via RQ-170 Sentinel Drone, que é operado pela CIA.
 
As aterradoras suposições de futura ações dos Estados Unidos contra seus inimigos foram reveladas nesse boletim com base em exames que fizeram os analistas da inteligência Russa do Drone Sentinel RQ-170, avião que foi derrubado no território Iraniano na semana passada, com o sistema elétrico de bloqueio e inteligência em base de terra Avtobaza, que se usa contra veículos aéreos não tripulados com o mínimo dano e que se demostrou está equipado com um sistema sofisticado de dispersão de aerossóis.
 
É importante destacar que as potências ocidentais utilizaram pela primeira vez um vírus da gripe mortal para destruir seus inimigos e derrubar a ordem estabelecida global, a menos de um século atrás, em 1918, quando a variante de gripe espanhola foi desencadeada no final da Primeira Guerra Mundial e matou aproximadamente 500 milhões de pessoas que representavam 3% do total da população mundial.
 
Arquivos da antiga KGB falam sobre a pandemia da gripe espanhola e sempre afirmaram que o vírus mortal foi uma ”bio-engenharia" produzida pelos cientistas militares dos EUA que usaram em 'cobaias' inclusive soldados americanos que foram as primeiras vitimas registradas e que estavam estabelecidos no Fort Rivey, Kansas. 
 
Para compreender melhor as razões subjacentes atrás dos Estados Unidos e seus aliados Ocidentais de empurrar o mundo para a Guerra Mundial, foi recentemente detalhada pelo jornalista investigativo americano Greg Hunter, cujo chocante e detalhado relatório intitulado “O Mundo está saindo do Controle?", revelou que todo o edifício do sistema econômico Ocidental está se desmoronando sob o peso da divida de 100 trilhões de dólares que ninguém pode pagar e no qual advertiu: "Nunca na história do mundo chegamos tão próximo ao total caos financeiro e da guerra nuclear, ao mesmo tempo".
 
Infelizmente, mas como sempre, o povo americano não está sendo permitido conhecer o futuro horrível que seus lideres estão planejando para eles, uma situação que piorou na semana passada quando o Senado aprovou uma nova lei com uma votação de 93 contra 7 votos, que poderá destruir os Estados Unidos, dando o controle total desta nação, outrora livre, a suas forças militares e destruir a Constituição. 
 
Como assinalamos anteriormente em outra reportagem, vale a pena mencionar novamente as palavras do ex-presidente americano, Thomas Jefferson, que preveniu a seus concidadãos, faz mais de 200 anos, sobre o que está acontecendo hoje, dizendo: 
 
“Eu creio que as instituições bancárias são mais perigosas para nossa liberdade que os inimigos declarados. Se o povo americano permitir alguma vez que os bancos privados controlem a emissão da sua moeda, primeiro pela inflação, depois pela deflação, os bancos e as corporações que crescem ao redor de suas cidades irão privar o povo de toda sua propriedade até os seus filhos acordarem sem o teto que seus pais conquistaram."
 
 
 
 
 

Leia também:

Comentarios:

Post a comment

Início | Download | Links | Contato
Misso Portas Abertas JMM ANEM
Destino Final Heart Cry Jocum Missao Total Missao Total Projeto Paraguai